quarta-feira, 28 de maio de 2014

La vie en France #2

Faz hoje um mês que me mudei definitivamente para cá. Para já, foi isto que aprendi sobre viver em França:

1 - Não me mudei para um país mais civilizado, mudei-me simplesmente para um país (bastante) mais rico.
2 - Os franceses têm uma relação muito complicada com o desodorizante (e com as medidas de higiene, em geral). Têm todos aquele ar de "olhem para mim que sou francês/francesa e sou fantástico(a)" e depois uma pessoa aproxima-se e pensa "oh meu Deus, que se eu continuo a respirar por mais um segundo que seja vou cair redonda no chão".
3 - Emigrante em França só faz amizades com outros emigrantes. Os nativos só falam connosco em caso de extrema necessidade.
4 - Tenho para mim que se os senhores da ASAE aqui viessem, tinham todos um pequeno AVC. Para mim o top 3 da badalhoquice é: o ginásio, os restaurantes e as baguetes (ai as baguetes, senhores, as baguetes).
5 - Comprar carne, peixe, fruta e legumes fica duas ou três vezes mais caro do que em Portugal. Por outro lado, os iogurtes são ao preço da chuva.
6 - Por falar em chuva, no norte de França chove constantemente, há muito vento e está quase sempre frio.
7 - Andar a pé é espectacular porque é tudo plano.
8 - De repente, uma pessoa tem muito mais tempo livre, mesmo que trabalhe a tempo inteiro.
9 - Quarta-feira é um péssimo dia para fazer o que quer que seja porque as crianças não têm escola e andam à solta um pouco por todo o lado.
10 - As francesas são todas super magras e eu odeio-as (brincadeirinha).
11 - Os rapazes adolescentes vão de blazer para a escola.
12 - O país não é melhor que Portugal, nem por sombras. A qualidade de vida quando se pensa em termos económicos e de quantidade de trabalho, essa sim, é que dá 15 a 0 às condições que temos no nosso país.


Sem comentários:

Publicar um comentário