quarta-feira, 27 de julho de 2016

Ide apanhá-los todos...

... mas em silêncio, se for possível. De que é que estou a falar, alminhas de Deus? Do Pokémon Go, obviamente. 

Não jogo. Instalei, aborreceu-me de morte (e gastou-me imensa bateria do telemóvel) e, portanto, desisti. Mas, nada contra quem joga. Nada mesmo. Não me sinto minimamente ofendida, nem tenho crítica nenhuma a fazer aos jogadores. Bom, nenhuma a não ser a seguinte, que vou passar a desenvolver.

Morando eu em pleno centro histórico da cidade, parece que a minha rua é um bom spot de caça de Pokémons, coisa que não me apoquenta minimamente, até porque não é como se corresse o risco de tropeçar em algum. Além disso, os Pokémons são bichos civilizados, uma pessoa nem dá por eles, não fazem barulho, não deixam cocó na rua, não mordem, não cheiram mal. Uns amores, portanto. O único problema é quando o pessoal decide andar à caça dos bichos de madrugada e só se ouvem gritos. Mas quando eu digo gritos, são gritos mesmo, daqueles de deixar uma pessoa sem voz no dia seguinte, qual final do Euro, qual quê. Senhores, a última coisa de que eu preciso é de acordar assustada às 2 da manhã, a pensar que está alguém a ser assassinado à minha porta quando, na realidade, é só um desgraçado a gritar histericamente que encontrou um Pikachu. Repito, histericamente. E como esse, muitos outros têm passado por aqui aos gritos.

Caros caçadores de Pokémons: podem andar por onde quiserem, às horas que quiserem, não quero saber. Só não façam barulho, por favor. Até porque com esta onda de atentados dos últimos tempos, já não há coração que aguente tanto alarido. 



20 comentários:

  1. Lamento imenso os trágicos acontecimentos que estão a acontecer aí em França. Custa-me tanto todos dias ver nas notícias relatos de atentados e mortes um pouco por todo lado :(
    Quanto aos Pokémons pelo que leio o mundo está a delirar com isso. Mais uma febre eheh

    ResponderEliminar
  2. Ai que riso! Eu tenho sorte na minha rua nao ha pokemons. So que acho que, vivendo numa das ruas principais de Braga, vai mudar quando voltar a casa em Setembro. Oxala que a febre passe entretantp
    Por onde anda a Sofia?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já acalmou por aqui... acho que foi a emoção dos primeiros dias =P

      Eliminar
  3. Anda tudo louco! Felizmente vivo numa zona isolada e, que eu saiba, não é assim nada de extraordinário no que diz respeito a Pokémons :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também achava que vivia numa zona sossegada =P

      Eliminar
  4. bem, já tinha ouvido muita coisa sobre esses bichos mas esta é que não...há cá cada uma!!

    ResponderEliminar
  5. Eu adorei o jogo mas realmente há pessoal que abusa... é divertido mas temos que ter senso comum!

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto! Não há nada como ter senso comum! =P

      Eliminar
  6. Ahahah! Ainda não assisti a nada do género, mas deve ser chato de facto... ;)

    ResponderEliminar
  7. LOL acho que também me ia passar :)
    EU tenho a app instalada, como n tenho dados pa andar ai a gastar, so ligo a mesma em locais com wi-Fi :D

    ResponderEliminar
  8. Sou das resistentes que não instalou a app! :)

    ResponderEliminar
  9. Não instalei a app mas aqui, na minha rua, passam quase procissões de miúdos à noite acompanhados dos papás a tentar caçar todos os bichos, ahahahah. E depois gritam imenso, enfim x)

    ResponderEliminar