segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Viver de mala feita

Quem me segue no instagram apercebeu-se, certamente, que este fim-de-semana foi mais um fim-de-semana de viagem, como já foram tantos outros.

Desde há pouco mais de um ano que tenho feito uma viagem por mês, ora para ir a Portugal ver a minha família, ora para vir a Inglaterra ver o meu namorado. Sou muito grata por ter a oportunidade de viajar tão frequentemente para matar saudades. Se me aguentei tanto tempo em França, foi muito graças a essa possibilidade, que sei que nem todos os emigrantes têm.

Ma houve algo na viagem de ontem que me fez perceber que estou cansada. Foi uma espécie de clique que se fez na minha cabeça e que me fez ver que esta vida é muito desgastante. Não sei se foi por vir carregadíssima (estou a começar a trazer tudo o que posso para Inglaterra, para facilitar a mudança o mais possível), se foi por sair de casa ainda mais cedo do que se fosse trabalhar, debaixo dum tempo demasiado cinzento. Não sei se foi por o comboio para Paris ter atrasado imenso, o que me deixou (a mim e a tanta gente) à espera e a morrer de frio, se foi por ter que correr da Gare de l'Est para a Gare du Nord para não perder o comboio para Londres, por chegar ao comboio e, mais uma vez, ter uma pessoa a ocupar o meu lugar à janela (não se metam entre mim e os meus lugares à janela). Não sei o que foi mas, mal o comboio arrancou, dei por mim a pensar que estou farta desta vida.

Estou cansada de viver a mil à hora e de ter sempre uma mala para fazer ou desfazer. Estou cansada de andar de comboio, estou farta de esperar sentada num café num aeroporto qualquer, estou farta de táxis, de metros, de malas pesadas. Estou farta de despedidas e de sentir que não pertenço a lugar nenhum. 

Vão ser mais 3 meses assim, a correr dum lado para o outro, entre comboios, aviões e bebidas hipercalóricas e demasiado caras do Starbucks. Mais 3 meses a comer sandes numa sala de espera qualquer para enganar a fome e o cansaço. Mais 3 meses a correr com malas e a rogar pragas a mim mesma por ter tanta tralha. E depois, se tudo correr bem, vai acalmar. Vão acabar as viagens para visitar o namorado, porque vamos estar os dois. Vão continuar as viagens para conhecer o mundo e para ir visitar a família, porque dessas não abro mão.

20 comentários:

  1. "não se metam entre mim e os meus lugares à janela" tenho a mesma atitude!!XD
    Espero que seja a ultima vez que tenhas de fazer isso pelo menos nos proximos tempos, acredito que seja muito difícil.
    Beijinho*

    Anita On Blog

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, nos próximos tempos ainda tenho muitas viagens pela frente... mas lá para Junho deve acalmar!

      Eliminar
  2. Pois a vida assim "a mil à hora" é muito desgastante. Que tudo corra bem.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  3. Eu tenho saudades de fazer e desfazer as malas com frequência...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez isso ainda me venha a acontecer hehe

      Eliminar
  4. As saudades são complicadas. Mas acredita que assim que estejas à beira do teu namorado vais sentir-te super feliz e olhar para trás e pensar que o esforço que estas a fazer agora que valeu totalmente a pena (falo por experiência própria). ;)

    ResponderEliminar
  5. Como te compreendo! Também vivo basicamente de malas feitas e entre viagens! É realmente muito cansativo e acaba também por ser stressante pois quando vamos matar saudades o tempo nunca é suficiente para estarmos com toda a gente... Força querida em breve só terás de fazer viagens para matar saudades de Portugal ;)
    beijinhos
    https://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. deve ser incrivel mas ao mesmo tempo mesmo desgastante , viver assim deve custar :( força linda , tudo vai mudar e correr bem :)

    Beijinhos ♡ O Olhar da Marina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade que não deixa de ser emocionante, mas é muito cansativo =p

      Eliminar
  7. Viajar deve ser maravilhoso mas acredito que também seja muito desgastante! Ainda por cima se for assim tão frequentemente :D
    Beijinhos <3

    www.losingmamind.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viajar é maravilhoso, mas tão frequentemente e, às vezes, só por 2 ou 3 dias, é desgastante...

      Beijinhos

      Eliminar
  8. Pensa só que vai valer a pena e que pelo menps ParisLondres só se for para passear :)
    Eu adoro viajar, mas fiz iso durante anos em trabalho e também acabei por me cansar de andar de mala às costas. Mudei de trabalho e agora só viajo em lazer e de bicicleta. Por vezes tenho saudades....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se calhar um dia também vou ter saudades, quem sabe (;

      Eliminar
  9. estou em Portugal é não há um fds que fique em casa... é muito cansativo e desgastante.... mas para estar junto dos meus tem que ser assim :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como te compreendo... nestas coisas o coração fala sempre mais alto que o cansaço

      Eliminar
  10. Entendo que sintas a necessidade de "assentar", mas também sei que, enquanto tudo estiver assim, não serias feliz de outro modo. Basta ler o teu blogue para saber que não conseguirias ser feliz sem visitar o teu namorado e a tua família regularmente, mesmo que andes numa azáfama permanente!
    Muitos beijinhos e força, sei que atingirás os teus objetivos, you rock!

    ResponderEliminar
  11. Acredito que seja muito cansativo, nunca viajei de avião e nem quero imaginar a logística associada, quanto mais fazendo-o com essa frequência! Ainda bem que isso vai terminar :)

    ResponderEliminar