domingo, 3 de dezembro de 2017

5 razões pelas quais o Inverno é melhor no UK que em Portugal

Eu sei que, oficialmente, ainda é outono, mas estivessem vocês aqui e compreendiam-me. Como não estão, acreditem quando vos digo que está muito frio e já se pode considerar inverno. Sei que, em alguns sítios do Reino Unido (e de França, que continuo bem informada sobre o que por lá se passa) já nevou. Não é o caso, aqui onde estamos, e ainda bem, que eu odeio neve. Ah e tal, é muito bonito ver tudo branquinho. É, sim senhor. Conseguir caminhar sem me estender ao comprido no chão é que é todo um outro dilema e a minha integridade física é uma prioridade para mim.

Mas, nem tudo é mau no inverno! Achei o outono uma estação lindíssima para viver aqui no Reino Unido, porque esta malta tem árvores por todo o lado e era toda uma imensidão de amarelos, castanhos e vermelhos. Acho mesmo que foi o outono mais bonito que já vi! Mas, agora o frio está aí e está para durar, portanto vamos tentar ser optimistas e ver o lado bom da coisa, que é o que vou tentar com este post, dando-vos 5 razões pelas quais gosto mais do inverno cá do que em Portugal, até porque cá o inverno dura 9 meses do ano, portanto, mais vale mesmo é habituar-me à ideia:


  1. As casas quentinhas. A malta em Portugal acha que vive numa espécie de trópico e não se preocupa minimamente em construir casas quentes, o que é extremamente desagradável no inverno. Desde que emigrei que, apesar de me ter mudado sempre para países mais frios, nunca mais precisei de, por exemplo, pijamas polares. Sabe muito bem passar uma tarde no sofá, com uma manta em cima das pernas, enquanto se vê um filme. Mas também sabe bem não começar a bater o dente de cada vez que se sai de debaixo da manta para ir fazer xixi. Just saying. Uma pessoa quando sabe que vai a Portugal durante o inverno, ainda está no avião e já sente os arrepios na espinha.
  2. O Natal. Se há coisa que os britânicos sabem, é levar as festividades a sério. Halloween, Páscoa, Natal... tudo é festejado à séria, em grande e em bom. Neste momento, todo o país virou um parque temático dedicado ao Natal, é decorações por todo o lado, luzes e pinheiros enfeitados, pessoas com hastes de rena na cabeça pela rua, mince pies (estou viciada) e vinho quente em cada esquina. Ontem vi cidra quente com especiarias à venda (ainda não provei, mas está na lista). Até o Grinch ia sucumbir ao espírito natalício, se vivesse cá.
  3. Chocolates quentes. Mas chocolate quente de verdade, que leite com Nesquick também eu sei fazer. (Já agora, malta do Porto, se ainda não foram beber chocolate quente à Arcádia, estão à espera de quê? Pessoalmente, recomendo a da Avenida da Boavista.) Aqui no UK não há tasca que não venda um chocolate quente em condições. Cremoso, quentinho e depois há milhentas variações, até de misturas para fazer em casa: chocolate quente de leite, negro, com sabor a laranja, a menta, a salted caramel, chocolate que faz bolinhas, chocolate com mini marshmallows, enfim, a imaginação é o limite. Neste momento, tenho ali uma caixa que me ofereceram de preparado de chocolate quente com sabor a manteiga de amendoim e que me está a piscar o olho.
  4. Actividades ao ar livre. Os britânicos são, contrariamente aos franceses, pessoas muito dadas ao ar livre. Eles adoram saltar da cama, enfiar o gorro e as galochas e sair de casa. E eu adoro isso, porque nunca falta o que fazer. Há parques e jardins por todo o lado, há imensos sítios por onde passear, há montes de coisas abertas (até ao domingo) e é ver a malta a passear alegremente, faça sol ou faça chuva (literalmente). Gosto disso, gosto deste espírito de "vamos sair de casa à mínima oportunidade". Ainda não comprei umas galochas, mas acho que vou aderir à moda.
  5. O estado de espírito. Em Portugal, aos primeiros sinais de chuva e frio, a malta só se sabe queixar. Estamos habituados a ter mais dias de sol do que dias cinzentos, o que é muito bom, mas deixa-nos uns meninos mimados que não sabemos lidar com o frio. Aqui, as pessoas mantêm-se igualmente bem-dispostas e com a mesma vontade de sair de casa no verão e no inverno. Porque o inverno, para eles, é normal. Então, toca a agasalhar e a ir aproveitar o dia da melhor maneira possível. Ninguém se queixa que está frio ou que está a chover e ninguém vai deixar de fazer o que quer que seja por causa do tempo. Ainda não atingi esse nível, mas estou a tentar aprender, porque a verdade é que o inverno chega todos os anos, quer se queira, que não se queira, portanto, o melhor é mesmo aprender a viver com isso.

Imagem retirada daqui

26 comentários:

  1. Adorei o espírito, é uma aprendizagem conhecer pessoas que vivem dessa forma. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Emigrar acaba sempre por ser um processo de aprendizagem e há que seguir os melhores exemplos que vamos encontrando (=

      Eliminar
  2. Significa que se os ingleses invadissem Portugal em maior número, a comunidade de sem-abrigo ia aumentar exponencialmente. Com o clima que temos e com a propensão que têm para estar ao ar livre, até dormiam na rua =P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Duvido muito, porque também são pessoas que apreciam o conforto do lar =P

      Eliminar
  3. Gostei muito de ficar a saber mais coisas sobre o modo como vivem os britânicos.
    E concordo com o que disseste, nós por cá, ao primeiro sinal de chuva só queremos fugir, estamos mesmo mal habituados :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos as nossas qualidades, mas somos muito intolerantes ao mau tempo hehehe

      Eliminar
  4. Se há coisa que me irrita em Portugal na época do Natal é a falta de espírito festivo. A verdade é que nos últimos anos as actividades vão sendo cada vez mais mas mesmo assim há muito a melhorar.
    E as casas frias, como tens razão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que me chateia mais nas actividades que há em Portugal, é que mais de metade são no shoping. Muito gostamos nós de nos irmos enfiar no shoping =p

      Eliminar
  5. Cada um com a sua opiniao, claro. Mas eu não trocava Portugal por país algum. Cá também há casas quentes, eu nunca usei pijamas polares, chocolate quente também há por aí em muito lado assim como atividades ao ar livre.
    Claro que aí há mais sem abrigo que cá,tudo é em maior proporção quanto maior é o país.
    Beijinho bom Domingo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também gostava muito de viver em Portugal, mas como não posso, tento fazer os possíveis para ver o “copo meio cheio”.

      Quanto às casas quentes, tens tido muita sorte então, porque toda a gente que eu conheço se queixa do mesmo mal =p até já fizeram um estudo em que concluíram que Portugal é um dos países na Europa onde mais se morre de frio (sendo que o “morre” aqui é usado em sentido literário).

      Claro que o nosso país é maravilhoso, mas não é perfeito e os outros países também têm coisas boas (=

      Beijinhos

      Eliminar
  6. Que bom estar a gostar de viver por aí...
    Mas e o nosso sol? E a nossa luz? E a família?
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, mas não se pode ter tudo (;

      Boa semana!

      Eliminar
  7. Gostava de poder sentir todo esse espírito e boa disposição nos dias mais frios. Beijinhos*

    ResponderEliminar
  8. O Natal aí deve ser muito giro! Nunca pensei que os ingleses tivessem assim um espirito tão positivo em relação ao tempo, mas, de facto, a alternativa de deprimir em casa também não é agradável. Por cá no Funchal, o Natal é vivido à séria e o que não falta é animação da rua (e agora acredito seriamente que foram os ingleses que trouxeram esse espírito para cá)
    Por onde anda a Sofia?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às tantas foram mesmo, eles levam as festas (todas elas) mesmo muito a sério =P

      Eliminar
  9. Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
    o Espírito de Natal é maravilhoso!
    Deve ser giro passar o Natal em UK <3
    Beijokitaz





    www.devaneiosdemissl.com

    ResponderEliminar
  10. Não podia estar mais de acordo pois 5 anos aí são mais que suficientes para entender do que falas :D Por cá, inverno é coisa que nem vê-lo!

    É mesmo, ambas emigramos em alturas semelhantes (creio eu) e estamos a voltar ao emprego na mesma altura também! A maior sorte do mundo, é o que te desejo e depois diz-nos como é trabalhar com ingleses (se bem que a maioria não o deve ser) para ver se estamos de acordo! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As minhas únicas colegas inglesas vão ser as assistentes e mesmo assim acho que não são todas! Estou para ver é como são os pacientes =x

      Eliminar
  11. Gostei muito do post! É tão giro viverem como deve ser cada época e gostarem de sair de casa mesmo que esteja frio! É assim mesmo! Frio ou calor a vida continua e há que ter um sorriso na cara!
    Beijinho, Ana Rita*
    BLOG: https://hannamargherita.blogspot.com/ || INSTAGRAM: @rititipi || FACEBOOK: https://www.facebook.com/margheritablog/ - VÊ COMO GANHAR 50€ EM CARTÃO NA ZARA PORTUGAL!

    ResponderEliminar
  12. Percebo perfeitamente o que queres dizer! O ponto 1 dá cabo de mim... Dado que não estou de casaco de inverno dentro de casa, passo mais frio do que na rua! E o ponto do Natal, aliado ao do chocolate quente... Ah, adoro esse espírito :) :) :) :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens de vir cá fazer uma visita durante o inverno (; vais adorar

      Eliminar
  13. As casas cá em portugal são horríveis e para mantê-las quentes é preciso gastar um balúrdio! Gostava tanto de visitar assim sítios, mesmo por causa do espírito de festividade :D

    Beijinhos,
    DEZASSETE | INSTAGRAM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espírito de festividade não falta por aqui =D

      Eliminar