domingo, 17 de janeiro de 2016

Entre mantas e chás quentes

Pois que a malta andava toda a comentar que este inverno andava muito ameno e eis que o frio decidiu dar uns ares de sua graça.
Pessoalmente, não sou nada dada a frio. Quando começam a soprar as primeiras brisas mais frescas no Outono é ver-me logo a desencantar cachecóis, pijamas polares, mantas de pêlo e a pensar quando é que será socialmente aceitável ligar o aquecimento. Apesar de não ser pessoa de frio, no último verão sofri tanto com o calor aqui em Troyes que, estranhamente, até me sinto agradecida pelo tempo fresco. De cada vez que me lembro de que passei semanas quase sem conseguir dormir nesta cidade do demo, que não está minimamente preparada para o tempo quente, até me sinto a desfalecer. Aqui não há piscinas ao ar livre (nem praia, logicamente, mas isso já uma questão geográfica), não há parques, não há jardins... não há sequer uma porcaria dum banco que fique debaixo duma árvore. Aliás, nem sequer há árvores, pelo menos, não no centro da cidade, onde eu vivo. Há umas amostras raquíticas de árvores aqui ou ali, mas que não servem para dar sombra a nada maior que um caracol. Foram meses de terror. 

Assim sendo, recebi o outono com bastante mais alegria que o habitual e, agora que o inverno (finalmente) chegou, sinto até algum alívio. Apesar de me custar sair de casa às 7h30 da manhã para ir a pé para o trabalho, há algo de reconfortante nas camadas de roupa, nas camisolas grossas e nos cachecóis. Sabe bem estar em casa de pantufas, com uma camisola polar ou de pijama e roupão fofinho, com uma caneca de chá a ferver, uma vela aromática acesa, enquanto vejo um filme. Claro que ajuda imenso o facto de as casas serem altamente aquecidas. Em Portugal, apesar de não estar tanto frio como aqui, acho muito mais desagradável estar em casa, porque são raras as que têm aquecimento central e, para mim, não há nada pior que a sensação de estar dentro da própria casa com frio que, ainda por cima, no Porto é um frio húmido e extremamente desagradável, do qual não há roupa suficiente que me salve. Mas pronto, aqui por Troyes vou-me consolando com canecas de cappuccino e papas de aveia com banana e canela. 




19 comentários:

  1. Agora é que chegou o frio a sério! Adoro o Outono mas este frios do Inverno confesso que também não acho grande piada :)
    Bj S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho piada quando posso ficar em casa, refastelada no sofá, com a minha manta e o aquecimento ligado =P

      Eliminar
  2. Eu adoro o frio e por muito que ande sempre a dizer "que friiio", não o trocava pelo calor de verão. Sabe-me tão bem :)

    http://venus-fleurs.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beeem, eu sou mais de tempo quente... mas não propriamente de "calor", gosto de coisas mais amenas.

      Eliminar
  3. Fo**-se!
    Como eu sinto pena de cidades assim.
    Quando fui a Roma, ficou difícil encontrar um banco, uma árvore para apanhar uma sombra, um jardim! Andei quilómetros até conseguir encontrar um que estivesse aberto. Estava às moscas também. Só eu e um pássaro tipo pardal... Cafés abertos ao fim-de-semana nem pensar. Cidades sem árvores, com edifícios cinzentos... que tristeza. Ai minha Lisboa, cheia de luz, sol e cor!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é preciso teres pena, estamos aqui bem confortáveis, tirando um ou outro inconveniente, mas isso há em todo o lado (;

      Eliminar
  4. eu sofro mesmo com o frio! :o não há roupa nenhuma que me salve
    r: espero que sim! :)

    ResponderEliminar
  5. Eu não gosto muito de frio... e essas temperaturas que mostraste não servem para mim ahahah

    ResponderEliminar
  6. Ai que saudades do verão...eu não gosto nada deste tempo frio...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tenho saudades de estar de férias durante o verão... porque trabalhar com calor é do pior que há =P

      Eliminar
  7. O Outono é a minha estação favorita :P quanto ao frio em si... nem sempre é fácil de lidar, mas dou-me bastante melhor do q com o calor! Mas não somos todos iguais :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também adoro o Outono (desde que não chova!)

      Eliminar
  8. Concordo contigo em tudo! Eu sempre tive aquecimento central em casa e uso todos os dias assim que começa a ficar mais friozinho, adoro estar em casa com a casa bem quentinha :)
    Bj S

    ResponderEliminar
  9. Embora não seja grande fã do frio, passo mal com o calor, portanto que venha o diabo e escolha! Aqui em Portugal estávamos em pleno Dezembro e mal se notava que era Inverno, até que do nada parece que as temperaturas desceram a pique e têm-se mantido assim até agora. Até custa ter as mãos de fora para mexer no computador haha.

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu costumo dizer que sou como uma enzima: tenho uma temperatura óptima de actuação, que anda entre os 20 e os 25 graus hehehe

      Eliminar
  10. E lá temos que nos ir adaptando aos locais em que habitamos
    Por vezes aqui (quando está muito frio ) na realidade as casas não se tornam tão acolhedoras como aí. Apesar das casas modernas já terem aquecimento central.
    Eu, é mais o calorifico, mas, não sou muito apreciadora de muito calor

    ResponderEliminar
  11. apesar de supostamente estar frio demais continuo a achar a minha cidade portuguesa muito mais fria!

    ResponderEliminar