terça-feira, 31 de outubro de 2017

Sofia na cozinha | Hambúrgueres de grão-de-bico

E quem é que já tinha saudades das minhas receitas? Ninguém, eu sei. Mas eu tenho mais uma para partilhar convosco na mesma, porque eu sou assim, um amor de pessoa que só visto. 

E o que é que vos trago hoje? Uma receita vegetariana. Porque decidi virar vegetariana? Não, nem por isso. Mas aqui em casa está a tornar-se um desafio cozinhar, porque somos muito esquisitos no que toca a carnes. Ora vejam: o meu namorado gosta de carne de frango e de porco e tolera carne de vaca, desde que picada (não adianta servir-lhe um bife, porque ele não vai comer). Tudo o que sejam crias de animais, ele não come (leitão, cabrito, vitela, ele simplesmente não lhes toca). Eu gosto de carne de vaca e de frango, gosto de comer pato, mas recuso-me a cozinhá-lo, e não gosto particularmente de carne de porco. Depois, há o animal que nenhum de nós quer, sequer, que entre cá em casa morto e que é o coelho. Portanto, quer isto dizer que, depois de analisadas todas as opções, acabamos a comer quase sempre frango ou peixe e chega a um ponto em que já não dá mais para inovar com isto. Sendo assim, decidimos virar-nos para as receitas vegetarianas e andamos a tentar fazer algumas todas as semanas. 

De cada vez que preciso de inspiração para a cozinha, lá vou eu pedir ajuda à minha amiga Bruna, que está sempre super bem informada nestas coisas e que, para não variar, me deu algumas ideias. Uma delas é a que venho partilhar convosco hoje e que tem feito sucesso cá em casa: hambúrgueres de grão-de-bico.

Uma vez, já aqui em Inglaterra, eu e o homem entrámos numa loja dita de alimentos saudáveis e fomos espreitar os hambúrgueres vegetarianos que se podem comprar já prontos. Quando li a lista de ingredientes fiquei um bocado chocada, porque aquilo era só soja misturada com farinha, gorduras vegetais e muito sal, portanto, de saudáveis não tinham nada, era só mesmo por dizerem que não tinham proteína animal. Como a saúde é, acima de tudo, o meu objectivo, tinha de arranjar uma opção melhor do que aquela. E arranjei. Estes hambúrgueres de grão-de-bico são tudo de bom. Pessoalmente, gostei mesmo deles e o homem também, até já me disse que posso fazê-los sempre que quiser, que não se importa de lavar a louça toda que aquilo gasta para fazer.

Vou deixar-vos, então, a receita, para quem quiser experimentar.

Ingredientes:

  • 1 chávena de grão-de-bico (se o comprarem seco, não se esqueçam de o demolhar com, pelo menos, 24 horas de antecedência e de trocar a água a cada 12 horas)
  • cebolinha picada
  • 1 cebola pequena finamente picada
  • 1 colher de sopa de óleo de coco
  • sal
  • pimenta preta
  • curcuma 
  • 1 cenoura picada
  • farinha de aveia
Instruções:

  • Cozer o grão-de-bico, escorrer e reservar. 
  • Numa sertã (frigideira, para quem preferir), colocar o óleo de coco, a cebola, a cebolinha e a cenoura e deixar cozinhar alguns minutos em lume médio.
  • Triturar o grão-de-bico (eu não trituro completamente, porque não quero que fique uma papa demasiado mole) e, numa tigela, juntar o grão triturado com a mistura de cebola e cenoura.
  • Misturar bem, juntar sal, pimenta e curcuma a gosto. Não façam como eu que deixei cair pimenta a mais uma vez e depois disse mal da minha vida porque os hambúrgueres ficaram picantes. 
  • Juntar 4 colheres de sopa de farinha de aveia e misturar com as mãos. Podem juntar mais farinha, se os quiserem mais consistentes. 
  • Fazer bolinhas com a massa e colocar num tabuleiro, onde as vão achatar ligeiramente, para lhes darem uma forma de hambúrguer. Eu não os faço muito grandes, para depois ao cozinhar ficarem crocantes e não massudos. 
  • Levar ao frigorífico durante algumas horas (costumo deixar de um dia para o outro).
  • Para os cozinharem, é só colocarem-nos no forno, a 150 ou 180ºC (o nosso forno é um bicho estranho, portanto, não quero estar aqui a dar muitos palpites. Just follow your gut.) e deixarem-nos o tempo necessário até ficarem bem douradinhos e crocantes.





18 comentários:

  1. Que delícia! Tentarei fazê-lo!
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Não são vegetarianos, mas estão no bom caminho. Já faltou muito mais ;)

    ResponderEliminar
  3. Adoro hamburguers de grão de bico são ótimos, faço imensas vezes. Esses têm um ótimo aspeto :)

    Kiss, Mariana Dezolt
    Messy Hair, Don’t Care

    ResponderEliminar
  4. HMMMM parece bom:P


    Vou ver se me motivo a fazer.


    Beijos


    www.anafernandes.ch

    ResponderEliminar
  5. Sou como o teu namorado em relação à carne de vaca porque também só como se for grelhada.

    Em relação à receita, ficaram com um aspeto óptimo mas ainda me faz confusão fazer uma refeição sem carne ou peixe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele não a come grelhada nem que lhe paguem, só come picada (;

      Também me faz alguma confusão, confesso, estou habituada à carne/peixe. Mas a verdade é que é possível fazer uma refeição equilibrada sem isso (=

      Eliminar
    2. Hoje lembrei-me de voltar aqui para ver a resposta.

      Foi engano meu. O que queria dizer é que também só como se for picada. :P

      Eliminar
  6. Bem, vocês não são anda difíceis! :D cá por casa somos fãs de um bom bife e incluímos isso na nossa alimentação mas, na maioria, frango que é super versátil e fica bem de várias formas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu adoro bife, mas o homem não... andávamos a comer frango tantas vezes que, qualquer dia, começávamos a pôr ovos xD realmente, é como dizes, não somos nada difíceis, não =P

      Eliminar
  7. Isso é que vai aí uma crise nos gostos alimentares!....então e o arrozinho de pato que pelo menos aqui em casa é muito apreciado.
    Também tenho cortado com as carnes mas....vegetariana ainda não consigo (não tanto por mim).
    Que bom aspecto e que bom que deve ser. vou experimentar.
    Sejam muito felizes e se quiserem um conselho não comprem comida feita não há nada melhor que a comidinha de tacho
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Eu estou longe de ser vegetariana mas gosto imenso de comida vegetariana. Esses hamburgueres ficaram com bom aspeto, fiquei curiosa com o sabor.

    ResponderEliminar