quarta-feira, 30 de maio de 2018

Sunshine Blogger Award



Fui nomeada para a Sunshine Blogger Award pela Catarina do Soul Feeder, a quem agradeço muito ter-se lembrado de mim, especialmente, porque nos últimos tempos não me tenho dedicado nada à escrita. Mas estou a tentar melhorar isso!

Posto isso, vamos lá começar isto. 

As regras são:

- Agradecer à blogger que te nomeou
- Responder às 11 perguntas que te foram dadas;
- Nomear 11 bloggers e fazer-lhes 11 perguntas;
- Colocar as regras e incluir o logo do prémio no post.

Peço desde já desculpa mas não vou nomear 11 bloggers para participar, porque não tenho criatividade suficiente neste momento para me lembrar de 11 perguntas. Mas sintam-se à vontade para participarem, se quiserem!

Mais uma vez, obrigada à Catarina! E vou agora responder às perguntas dela!

1 - O que te define enquanto blogger e que mensagem principal pretendes passar?
Acho que o que me define enquanto blogger é "relaxada". O blog é um passatempo, não é uma carreira, nem a minha vida. Por isso, nunca coloco demasiada pressão em mim mesma. Se tenho uma semana em que tenho ideias para escrever todos os dias, então escrevo todos os dias. Mas se estou a passar por uma fase em que não consigo ter uma ideia decente durante um mês inteiro, também não me castigo por isso. 

Quanto à mensagem que pretendo passar, hmm, essa é difícil de responder! Acho que só quero mesmo partilhar um pouco da minha vida e do meu dia-a-dia.

2 - Qual a característica da qual não abdicas?
Enquanto blogger ou enquanto pessoa? Enquanto blogger não quero abdicar do prazer que o blog me dá. Acho que no dia em que isto começar a parecer um segundo emprego sou capaz de desistir. O blog é o meu espaço para desabafar, dizer umas bacoradas e aliviar a pressão do dia-a-dia. Enquanto pessoa, considero-me muito "real". Não há cá fingimentos, não faço fretes por ninguém, se gosto, gosto e se não gosto, não gosto e quero continuar a ser assim.

3 - Se pudesses largar algo da tua rotina, o que seria?
O stress do meu trabalho. Não é à toa que é das profissões com maiores taxas de suicídio! Não que eu esteja sequer perto disso, mas é mesmo muito stressante.

4 - O que é para ti a Fé?
Algo muito pessoal e que cada um tem o direito de viver à sua maneira.

5 - O que mais repudias?
Crueldade e hipocrisia.

6 - O que mais te fez crescer até Hoje?
Emigrar.

7 - O que mais te faz encarar o dia-a-dia?
Sou uma pessoa que gosta de fazer planos e de trabalhar para os concretizar. Acho que isso é a minha maior motivação.

8 - Quais os hobbies que consideras mais proveitosos e saudáveis?
Fazer caminhadas e desporto. Se dissessem à minha eu adolescente que um dia ia adorar fazer desporto, acho que ela se teria rido às gargalhadas. Mas, felizmente, estamos sempre a mudar e a evoluir ao longo da vida!

Ultimamente, também comecei a experimentar meditar e é maravilhoso.

9 - Do que nunca serias capaz?
Eu acho que todos somos capazes de tudo, se as circunstâncias se proporcionarem. Gosto de acreditar que nunca serei capaz de fazer alguma coisa criminosa, como começar um incêndio intencionalmente ou matar alguém. Muito dramático, eu sei.

10 - O que já fizeste que mais te orgulhas?
Tanta coisa. Sempre fui uma pessoa bastante determinada e sem medo de lutar pelo que quero. Quando meto uma coisa na cabeça, é difícil fazerem mudar-me de ideias. Assim recentemente, orgulho-me de ter sido capaz de mudar de país (e de vida) duas vezes nos últimos 4 anos e, felizmente, sempre para melhor.

11 - O que pretendes para o teu futuro?
A minha única pretensão é ser feliz. Mesmo que não seja possível sê-lo todos os dias, pretendo ser feliz a maior parte do tempo.

6 comentários:

  1. Sem dúvida que emigrar e já para dois países diferentes, é algo altamente notável! Eu morro de inveja dessa determinação e coragem e acho que é só motivo de orgulho! Por favor, continua a meditar muito para que essa taxa de suicídio mantenha-se onde está e não aumente ok? Preciso que continues a dar mais dicas dentárias por aqui, não dava muito jeito ires embora :p

    ResponderEliminar
  2. Gostei tanto de ler as tuas respostas! Sinto que esse lado real passa muito para quem te lê, e ainda bem. Revi-me em vários aspetos que mencionaste, principalmente na tua posição em relação ao blogue e à pergunta 9 :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito de ler as tuas respostas às perguntas e identifico-me com algumas, pois também detesto crueldade e também me considero uma pessoa bastante determinada :)

    ResponderEliminar
  4. Gostei muito das tuas respostas, demonstram uma transparência de louvar e também me identifico nalgumas coisas que mencionaste. Sim, o stress também me atrofia e sim também estou a aprender a meditar, aos poucos, a sensação é muito boa :) beijinho!

    ResponderEliminar
  5. Acredito que emigrar nos faça crescer e ver muitas coisas de modo diferente.

    ResponderEliminar
  6. Gostei de ler a entrevistas. É sempre bom conhecer melhor as pessoas que andam na blogosfera.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar